Obras
Slideshow
Antonio Obá, Pele de Dentro, Mendes Wood DM, Nova York, 2018
1 de 27
Thumbnails
Sobre

Antonio Obá investiga as relações de influência e contradições dentro da construção cultural do Brasil, dando margem a um ato de resistência e reflexão sobre a ideia de uma identidade nacional. O artista tenciona por meio de ícones presentes na cultura brasileira uma memória identitária racial e política, esses conjuntos icônicos históricos e por vezes religiosos, são explorados dentro da escultura, pintura, instalações e performance.

O corpo do artista é o meio corrente de seu trabalho, cambiando entre performance e momentos ritualísticos, questões como a erotização do corpo negro masculino e a construção identitária do mesmo são pontos centrais na pesquisa de Obá. Com a vivência e concepções contemporâneas do artista a respeito da fé, sua pesquisa estabelece uma teia de sentidos que conecta a nossa atualidade com tempos apagados pela história.

Antônio Obá (Ceilândia, 1983) vive e trabalha em Brasília.
Suas exposições incluem Histórias Afro-Atlânticas, MASP / Tomie Ohtake, São Paulo (2018); Arte Democracia Utopia - quem não luta tá morto, MAR, Rio de janeiro (2018); Pipa Prize 2017, MAM-Rio, Rio de Janeiro (2017); entre, Casa da américa Latina, Brasília (2016); My body is a cage, Galeria Luciana Caravello, Rio de Janeiro (2016); ONDEANDAAONDA, Museu Nacional da República, Brasília (2015); OCUPAÇÃO, Elefante Centro Cultural, Brasília (2014); Impermanências, Galeria de Arte Dulcina de Moraes, Brasília (2008); Sob o signo de um novo olhar, Centro cultural do SESI, Brasília (2003).

CV

Educação
Artes Visuais, FADM – Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, Brasília, Brasil 

Exposições Individuais
2019

Sentinela, Mendes Wood DM, São Paulo, Brasil
2018
Pele de Dentro, Mendes Wood DM, Nova York, EUA
Antonio Obá, Mendes Wood DM, São Paulo, Brasil
2016
Carnagem, Galeria Arte XXX, Brasília, Brasil
(In)corporações, Galeria Candido Portinari, Rio de Janeiro, Brasil

Exposições Coletivas
2018

Histórias Afro-Atlânticas, MASP / Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil
Arte Democracia Utopia - quem não luta tá morto, MAR, Rio de janeiro, Brasil
2017
Pipa Prize 2017, MAM-Rio, Rio de Janeiro, Brasil
2016
Não existo sem meu corpo, R3 Gabinete de Arte, Goiás, Brasil
My body is a cage, Galeria Luciana Caravello, Rio de Janeiro, Brasil
ONDEANDAAONDA, Museu Nacional, Brasília, Brasil
ONÀ – CICLO X, deCurators Galeria de Arte, Brasília, Brasil
ENTRE, Casa da América Latina, Brasília, Brasil
Transitório/permanente II, Elefante Centro cultural, Brasília, Brasil
2015
ONDEANDAAONDA, Museu Nacional, Brasília, Brasil 
2014
OCUPAÇÃO, Elefante Centro Cultural, Brasília, Brasil
2013
Verônica, Elefante Centro Cultural, Brasília, Brasil
Imagem, Palavra, Vertigem, Galeria da UnB, Brasília, Brasil
Kohëdhekujtesë – gravura bashkëkohore braziliane, Muzeu historik Kombëtar, Tirana, Albânia
BrasilArgentinaGráfica, Espaço Cultural Renato Russo, Brasília, Brasil
2012
É perdendo o medo de errar que matamos o monstro do meio-dia, Brasília Contemporânea, Brasília, Brasil
2010
Impermanências, Galeria de Arte Dulcina de Moraes, Brasília, Brasil
2009
Trans... Aparência, Galeria de Artes Dulcina de Moraes, Brasília, Brasil
2008
I Mostra Dulcina de Artes Visuais – Poéticas Contemporâneas, Galeria de arte Dulcina de Moraes, Brasília, Brasil
2004
Cultura Afro em Alta, Embaixada de Mozambique, Brasília, Brasil
2003
Arte Social, Galeria Yara Amaral, Centro cultural do SESI, Brasília, Brasil
2002
Sob o signo de um novo olhar, Galeria Yara Amaral, Centro cultural do SESI, Brasília, Brasil
2001
Ponto de vista, Galeria Yara Amaral, Centro cultural do SESI, Brasília, Brasil

Exposições
Antonio Obá Sentinela
Antonio Obá Pele de Dentro
Antonio Obá Antônio Obá
Menu